Zika no sexo oral e no beijo.

Suspeitas de que possa ser transmitida por beijo e sexo oral , são confirmadas segundo cientistas

 

Um artigo publicado na revista médica “New England Journal of Medicine” afirmou que cientistas levantaram a possibilidade de o vírus da zika ser transmitido pelo sexo oral, citando um caso na França.

Um único incidente pode parecer pouco. Mas até o começo deste ano só havia um caso registrado de transmissão sexual do vírus: em 2008, um pesquisador que voltou da África infectou sua mulher no Colorado (EUA).

Os cientistas acreditam que a transmissão sexual seja uma via importante da epidemia de zika na América. Foram registrados em dez países casos da infecção onde não há mosquitos que transmitem o vírus, incluindo Alemanha, Itália, Portugal e Nova Zelândia.

O caso francês é de um homem de 46 anos que esteve no Rio de Janeiro e voltou a Paris no dia 10 de fevereiro, depois de apresentar sintomas do zika ainda no Brasil que passava por um surto muito grande da infecção. Ele e sua parceira tiveram relações sexuais entre os dias 11 e 20.

Yazdan Yazdanpanah, especialista em doenças infecciosas do National Institute of Health, pesquisador em Paris e um dos autores do artigo disse que o casal estava usando o sexo oral como forma de evitar uma gravidez.

No dia 20 a mulher adoeceu. Ambos fizeram testes para o zika no dia 23. O homem tinha altos níveis do vírus no sêmen e na urina, mas nada apareceu no sangue ou na saliva. Já a mulher tinha o vírus na urina e na saliva, e anticorpos para o zika no sangue. Uma coleta de material vaginal, porém, mostrou resultado negativo para a infecção.

“Não acho que isso mude alguma coisa, mas mostra como há muitas formas de transmissão”, disse William Schaffner, chefe de medicina preventiva da Vanderbilt University Medical School.

Schaffner concorda que a via mais provável de transmissão do zika tenha sido o sexo oral. Yazdanpanah, porém, disse que os dois foram entrevistados separadamente e as descrições bateram.

O epidemiologista do Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), John T. Brooks disse não estar “particularmente surpreso” com a probabilidade de transmissão do zika via sexo oral. Mas a transmissão pelo beijo embora não seja impossível, é improvável, disse o pesquisador.


Nenhum banner cadastrado ainda

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien