Samarco quer voltar em Outubro

Samarco quer voltar a operar em Mariana ainda em 2016

Nesta terça-feira (5) o diretor presidente da mineradora Samarco, Roberto Carvalho recebeu a imprensa para divulgar a previsão da retomada das atividades da empresa na Mina de Germano, em Mariana até o fim de 2016. E fez um balanço das ações já realizadas pela empresa para recuperação dos estragos causados pelo rompimento da barragem de Fundão, em novembro de 2015.

Para voltar a operar a Samarco utilizará as cavas de mineração já desativadas que estão em Germano, desse modo seria possível operar com dois terços da capacidade de antes do acidente.  Mas, a empresa ainda precisa de licenciamento da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Semad).

As atividades estão previstas para iniciar no quarto trimestre, entre outubro e dezembro deste ano.

“Nós conseguimos operar com essas cavas por pelo menos dois anos. Nesse tempo poderemos pensar em como vamos fazer para realizar a operação em forma definitiva, em outras formas de disposição de rejeitos. É muito importante a retomada de operação”, afirmou Roberto Carvalho. Ele destacou que se retomar a operação no fim do ano, não haverá necessidade de aportes das acionistas da empresa, Vale e BHP Billiton.

O presidente da Samarco ainda destacou que até o fim do mês será decidido onde será reconstruída a comunidade de Bento Rodrigues. A reconstrução do distrito está prevista para acontecer em até 3 anos.

Desta vez, espera-se que as instituições responsáveis e a Samarco estejam mais atentas à fiscalização de suas barragens para que não ocorra outra tragédia


Nenhum banner cadastrado ainda

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien