SAAB sueca vence e leva os caças para a FAB

 

  O Acerto do ano do governo

 

Todo governo, mesmo des orientado como o do DilmãoPT, tem seus dias de felicidade. Pelo menos uma decisão acertada por ano salva-o da calamidade total.

Sorte nossa o acerto ser na área de defesa. Melhor que não ter amigos trairas como franceses e americanos, só ter FORÇAS ARMADAS independentes.

 

 

Conforme ja antecipado pela nossa reportagem desde o mes passado, alem de reconfirmado este mes, agora finalizou-se o já esperado.O governo federal anunciou nesta quarta-feira (18-12) que o Gripen NG, oferecido pela empresa sueca Saab como “a aeronave de combate mais avançada do mundo”, será o novo caça de uso da Força aérea do Brasil.

 

Ao contrário dos outros concorrentes, o Rafale, da francesa Dassault, e o F-18, da norte-americana Boeing, o Gripen NG ainda não voa. Ele começou a sair do papel em julho,quando a Saab iniciou a produção em sua fábrica em Linköping.

A proposta da Saab foi a melhor, a mais barata que a dos concorrentes (US$ 4,5 bilhões), além do custo de hora de voo, que é inferior ao dos concorrentes (cerca de US$ 4 mil). Além disto o contrato preve que o Brasil, seja um ativo participante do processo de produção.Haverá troca e ampla transferência de tecnologia, o que foi considerado, pelos militares, um dos fatores que mais pesou na decisão. A estimativa é que 40% do total do avionicos  e 80% da estrutura sejam de fabricação nacional.

 

A negociação  efetivada, que engloba versões de treinamento para os pilotos, além de formação e treinamento de mecânicos, inclui acordos com empresas privadas brasileiras na área de defesa.

Ataque além do alcance
O Gripen tem o poder de abater outros aviões no ar ou enviar mísseis para o solo.Pode além disto, realizar ataques contra alvos fora do alcance de visão. Era desde o inicio o “preferido” pela Força Aérea Brasileira . Em segundo estava o Sukkoi russo, que só ficou fora nesta etapa.Pode ser que na próxima etapa ( são previstos mais de 100 aviões em todo o projeto) ,

a estratégia e precaução de repartir o bolo em capacidades e tecnologias, possa elegê-lo. A principio o Gripen NG foi preferido principalmente por prever que técnicos brasileiros acompanhassem o processo de criação do novo modelo,  esta nova e versão aperfeiçoada versão do Gripen E/F, que já está em operação na Suécia, Reino Unido, Índia e Suíça.


Nenhum banner cadastrado ainda

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien