Protesto na Savassi reúne 20 mil pessoas

Protestos na região centro Sul de BH aconteceram ontem a noite.

Nesta noite de quinta-feira, 17, mais de vinte mil pessoas saíram às ruas de Belo Horizonte para protestar – este é o terceiro ato da semana- em apoio ao processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff e contra a nomeação de Luiz Inácio Lula da Silva ao cargo de ministro da Casa Civil.

O ato aconteceu na praça da Liberdade, na região Centro-Sul da capital. O Movimento Brasil Livre de Belo Horizonte (MBL-BH) é um dos líderes do manifesto.

Os motoristas promoveram ‘buzinaço’, moradores dos prédios do entorno da praça apoiaram o ato piscando as luzes das residências e jogando papel picado pela janela. Em frente ao prédio do Ministério Público Federal, na avenida Brasil, os manifestantes cantaram o Hino Nacional e gritaram palavras de ordem contra o Partido dos Trabalhadores (PT) e em apoio ao juiz Sérgio Moro – responsável pela Operação Lava Jato.

Os integrantes da manifestação levaram para a praça da Liberdade bandeiras do Brasil, pixulecos – bonecos infláveis de Lula vestido como presidiário – e uma grande jararaca feita de papelão em referência ao discurso do ex-presidente no dia em que ele foi levado para depor pela Polícia Federal.

O protesto foi pacífico. A única ocorrência da Polícia Militar foi a prisão de um homem que tentou incendiar um saco plástico com pneus na porta do Palácio da Liberdade.

Nesta sexta-feira, 18, será a vez dos manifestantes que apoiam o governo ocuparem as ruas de Belo Horizonte. Um ato está marcado para às 16h, na praça Afonso Arinos, pelo grupo Frente Brasil Popular. Mais de três mil pessoas confirmaram presença no evento pelo Facebook.


Nenhum banner cadastrado ainda

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien