Prejuízo faz milagre no ‘ANEL RODOVIÁRIO’ de BH

Anel Rodoviário – Deu prejuízo ou doeu no bolso, alguém pensou rápido e a solução apareceu .

Por isto é que privatizar funciona: Perdeu dinheiro? Alguém começa a pensar. Solução a caminho. Ontem!

 

E eis que de repente, apareceu do nada um plano de fluidez para ser  implantado no Anel Rodoviário.Notadamente nos 10,5 quilômetros que vão do bairro Califórnia ao bairro Olhos D’Água, na confluência com a 040, entrada para zona zul e saída             VIA 040 RJ-SUL.

Muitas medidas integram o plano, mas entre elas esta uma que minimizará em muito se não solucionar totalmente , o problema de falta de opções de circulação e contorno de acidentes na via, subindo ou descendo . Dentro deste micro conjunto de medidas lógicas que integram o plano, está a construção de quatro passagens de contingência no trecho. Sob a administração da Via 040, o Anel Rodoviário passou a ter passagens de 40 metros de largura na barreira central da rodovia, que serão usadas em caso de acidentes graves que provoquem interrupção completa do tráfego. As ações foram implantadas depois que foram iniciadas as obras de recuperação do Anel Rodoviário em 13 de outubro deste ano.

 

As obras destas passagens  localizam-se no km 536, próximo à avenida Tereza Cristina; no km 538, trevo do bairro Betânia; no km 541,  na altura da entrada para o bairro Buritis; e no km 542, próximo à passarela do bairro Olhos D’Água. Segundo informado a imprensa pela Via 040, a escolha foi baseada no estudo das estatísticas de ocorrências registradas pelos órgãos de trânsito que atuam no Anel, delimitando, assim, os pontos com alto índice de acidentes.

 

No conjunto de informações dadas pela empresa, em caso de fechamento de pista, será feita a reversão do tráfego em uma das faixas de rolamento da pista contrária, garantindo o fluxo constante dos veículos. Esta manobra é realizada com base em um completo sistema de segurança, com a presença de agentes e viaturas da polícia, operadores viários da Via 040, isolamento por meio de cones e sinalização.

 

As passagens de contingência livrarão esta parte do Anel Rodoviário de interrupções prolongadas, que forçavam o fechamento da via por horas e afetavam o trânsito em várias ruas e avenidas de Belo Horizonte e outras cidades da região Metropolitana.

Mas mais do que isto, o verdadeiro motivo: o faturamento só será bom se o fluxo de clientes for bom. Prejuizo a vista, pensamento concentrado solução encontrada:

Nada melhor que DINHEIRO ( ou a possibilidade de sua falta)  para solucionar problemas.

 

PS- Se  supermercados incompetentes , com executivos e gerentes idem ,(exceto – Verde Mar, parcialmente)  como o CARREFOUR do BH SHOPPING, olhassem por este ângulo, fila de caixa seria coisa já´extinta haveria muito tempo.


Nenhum banner cadastrado ainda

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien