Petróleo: pode ficar melhor para o consumidor.

Os países produtores de petróleo não fecham acordo para congelar valor do barril e impedir queda no preço, hoje cotado a US$38./barril

 

Neste domingo, mais de doze delegados de países produtores de petróleo se reuniram em Doha, no Qatar, na esperança de congelar a produção, mas não conseguiram fechar um acordo, segundo ministros que estavam no encontro.

Antes da reunião, os delegados circulavam com um projeto de acordo que prevê o congelamento inicial em níveis de janeiro até o começo de outubro para avaliar seu efeito sobre os preços. O congelamento, sugerido pela primeira vez em fevereiro, se destina a limitar a oferta global e sustentar os preços.

O governo da Arábia Saudita sinalizou publicamente que não irá considerar um congelamento sem o Irã. O príncipe saudita Mohammed bin Salman, alto funcionário da economia do país, repetiu isto no fim de semana. Esse tom contrasta com o da delegação saudita, liderada pelo ministro do Petróleo, Ali al-Naimi.

Apesar das declarações do príncipe, o governo saudita está disposto a assinar um acordo. No domingo a delegação de Naimi mudou o tom e insistiu na participação iraniana.

O ponto chave sempre foi o Irã. É incerto se qualquer acordo será considerado forte o suficiente para convencer os mercados de energia que os produtores são sérios sobre a desaceleração da produção com o objetivo de reforçar preços.

Analistas disseram que os participantes precisam se comunicar – chegar a acordo sobre um limite máximo de produção, período de tempo e aplicação transparente – para convencer os investidores e comerciantes de petróleo em todo o mundo que o congelamento poderia funcionar.

O petróleo opera em queda após um possível acordo entre países para congelamento da produção ter fracassado em reunião realizada neste domingo (17). Em Londres, o Brent perdia 3,87%, para US$ 41,43 o barril; em Nova York, o WTI perdia 4,31%, para US$ 38,62 o barril.


Nenhum banner cadastrado ainda

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien