O motor da economia Brasil, esta se canibalizando

E como se o motor, comesse pedaços dele para continuar a funcionar. O governo absorve 72% do crédito do país e desidrata setor produtivo

 

O Estado Brasileiro absorveu 72% das operações de dívida interna – que incluem empréstimos a pessoas físicas, empresas e o lançamento de títulos públicos e privados no mercado, segundo levantamento do economista Carlos Rocca, do Centro de Estudos do Instituto Ibmec.

Isso representa R$ 597 bilhões, de um total de R$ 829 bilhões que girou neste mercado apenas no ano passado- 2015-.

Foi o maior percentual de apropriação estatal do fluxo de dívidas da economia brasileira em dez anos. O estudo apresenta dados desde 2005.

Rocca atribui esse desequilíbrio ao elevado deficit no Orçamento, estimado em 10% do PIB. Quanto mais empresta e quanto mais endividado fica , o governo suga mais recursos da economia que deveriam irrigar o setor produtivo. Para piorar o quadro “quando o setor público disputa com o privado essa poupança, oferece juros mais altos em seus títulos, o que mata a demanda por crédito das empresas, que não conseguem acompanhar o aumento do custo do financiamento.”Mas o governo paga o custo pois o dinheiro não é dele.

Em resumo: o Estado, endividado, tem de cobrar juros altos para se financiar. Para o setor privado competir por esse dinheiro, precisa oferecer taxas ainda mais elevadas ao lançar um título, por exemplo, o que acaba sendo proibitivo para as empresas.

“Quando o governo tem deficit, precisa se financiar, e há três opções: aumentar impostos, imprimir moeda ou elevar a dívida.”

A prevalência do setor público também é resultado da menor predisposição dos bancos em ceder novos empréstimos a empresas e consumidores em meio à recessão, temendo o calote.

Segundo Rocca, o endividamento do governo via emissão de títulos cresceu 19,8% em 2015.

E no fim da linha, o governo toma emprestado do segmento bancário, paga juros  que pesam no caixa e por isto não tem dinheiro para investir, a não ser que repita a operação de empréstimo.


Nenhum banner cadastrado ainda

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien