Nem bem começou o Move já está imóvel

 

Apenas seis dias após o lançamento do Move Metropolitano, o sistema de transporte tem primeira linha extinta.

Um das principais linhas do Move Metropolitano, o 406R, está inoperante. O veículo faz o trajeto do Teminal São Gabriel até a Cidade Industrial, em Contagem – região metropolitana de Belo Horizonte. Outra opção para chegar a Cidade Industrial seria o 405R, que transita passa parte do Terminal São Gabriel e passa pela Via Expressa.

O Move Metropolitano começou a funcionar no dia 26 de abril e, já no início das operações, ficou marcado por falhas de sistema e falta de informações aos usuários. No dia do lançamento, usuários chegaram a afirmar que não viram vantagem em utilizar o transporte porque gastavam mais não só na passagem como também no tempo da viagem.

O projeto do Move contempla doze terminais metropolitanos, dos quais sete estão ligadas ao Move: São Gabriel, Vilarinho, São Benedito (Santa Luzia), Justinópolis (Ribeirão das Neves), Bernardo Monteiro (área hospitalar), Morro Alto (Vespasiano) e Tergip (atual rodoviária). Os outros cinco terminais metropolitanos são Cidade Industrial e São Joaquim (ambos em Contagem), Sarzedo, Ibirité e Jardim Colonial (Ribeirão das Neves) – esses não possuem a tecnologia do Move, mas de acordo com a PBH, a área terá o transporte reestruturado para funcionar com linhas troncais e alimentadoras.

Matérias Relacionadas, leia também:

BRT/Move Metropolitano não agrada aos usuários e gera polêmica


GMN- BANNER 1 -ANDRE 1 - 2019
GMN- BANNER 1 -ANDRE 1 - 2019
WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien