Mundo – Até onde chega a intolerância, o preconceito e o machismo.

Jovem turca leva tiro na cabeça por participar de reality show musical

 

Dia 18/05/2015, UMA jovem turca, Mutlu Kaya, de 19 anos, levou um tiro na cabeça enquanto ensaiava uma musica em casa para cantar num concurso de um reality show da região de Diyarbakir, DA REGIÃO.

Kaya já havia recebido ameaças de morte DE SUA COMUNIDADE, por cantar no programa Sesi Cok Guzel.Ela mora em Diyarbakir, local considerado conservador fica no sudeste da Turquia. A candidata Mutlua já teria afirmado a integrantes da produção do programa, que estava com medo devido a ameças recebidas.

O atirador estava no jardim da casa e efetuou os disparos contra Kaya através da janela. A identidade DELE ainda não foi revelada, E foi preso por envolvimento no ataque.

Segundo os médicos, O estado DELA é critico. O pai da jovem, afirmou à imprensa que está indignado com a situação e só espera ver a filha saudável.

 

NÃO É PRECISO SER MUITO CONHECEDOR DE GEOGRAFIA, PARA SE OLHAR NO MAPA DA REGIÃO E CONCLUIR QUE MAIS DE 70 % DOS PROBLEMAS E GUERRAS DE INTOLERANCIA A COSTUMES E RELIGIÕES DO PLANETA ESTÃO CONCENTRADOS NUM RAIO DE 1000 KMS EM TORNO DA CIDADE DE DIYARBAKIR

O ataque a cantor Mutlu Kaya aconteceu em Diyarbakir. Esta cidade do sudeste turco, fica próxima a divisa com Siria e Iraque( 100 km de distancia).É uma região extremamente conservadora, tanto em costumes tribais como em religiosos .Existe uma grande população de origem curda na região . Na cidade de Diyarbakir, o movimento das mulheres curdas é muito forte, apesar do papel preponderante na sociedade e na política.Por lá, as mulheres ainda sofrem pressão das estruturas tradicionais da sociedade conservadora. Nesta região, guerras combates e intolerância caminham de mãos dadas com as notícias de “assassinatos de honra”.

 


Nenhum banner cadastrado ainda

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien