Mensagem aos empresários de Nova Lima e do Portal Sul: QUEM SOU EU?

Meu caro dono da empresa:

“Eu sou o homem que vai a um seu  restaurante, senta-se à mesa e pacientemente espera, enquanto o garçom faz tudo o que não deve, antes de me olhar , ver os meus acenos e vir anotar o meu pedido.
Eu sou aquele cliente, que vai a uma sua loja e espera calado, enquanto os vendedores terminam o bate papo de suas conversas particulares, entre eles ou  no telefone.
Eu sou o dono do carro, que entra no seu posto de gasolina e nunca toca a buzina.Que  espera pacientemente que o seu empregado mal treinado e incapaz, termine o bate papo ou a leitura do jornal.
Eu sou aquele cliente que quando entra num estabelecimento comercial qualquer, parece estar pedindo um favor, ansiando por um sorriso ou esperando apenas ser notado, mesmo sendo o seu melhor amigo oculto: aquele que te leva, ou levava, dinheiro.
Eu sou aquele homem que entra num banco e aguarda pacientemente que as recepcionistas e os caixas terminem de conversar com seus amigos, antes de atender-me .
Eu sou aquele cliente que explica sua desesperada e imediata necessidade de uma peça, mas não reclama pacientemente enquanto seus  funcionários, relaxam com piadas, trocam ideias entre si , ou simplesmente, não pesquisam o que preciso ou fingem não me ver e abaixam a cabeça.
Você deve estar pensando que sou uma pessoa quieta, paciente, do tipo que nunca cria problemas. Engana-se. Sabe quem eu sou?
 
Eu sou o cliente,  o homem que tem o dinheiro, aquele que nunca mais voltar!”
 
 
                                                                                                                                                                                                                    Parafraseando de Sam Waters

Nenhum banner cadastrado ainda

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien