Ibope registra rejeição à Lula, Serra e Alckmin para à presidência

Segundo uma pesquisa divulgada pelo Ibope, Lula não venceria as eleições se elas acontecessem agora, no atual momento. José Serra, Geraldo Alckmin e até de Marina Silva estão incluidos nessa.

A pesquisa foi realizada em fins de outubro, ouvindo 2.002 pessoas de mais de 16 anos em 140 municípios. Os dados concluiram que 55% das pessoas não votariam em Lula de jeito nenhum. Em maio de 2014 esse índice era de 33% registrados. José Serra (PSDB) tem rejeição de 54% comparado a  49% da pesquisa de 2013.

Geraldo Alckmin teve rejeição total de 52%, e Aécio Neves (PSDB) foi  o menos  rejeitado por 47% dos entrevistados e Marina, por 50%.

A curiosidade na pesquisa porém vai além das respostas básicas. Foi avaliado também a região e a renda dos que responderam as questões. Na comparação com os dois partidos de oposição que mais acirram as brigas no país, o PT ganha maior simpatia por eleitores que tem uma renda de até um salário mínimo, em que 36% que votariam em Lula “com certeza”. Enquanto que o PSDB, com o representante Aécio Neves, tem mais simpáticos no Norte, Centro Oeste, e por último sudeste. E no corte da faixa de renda, a preferência está equilibrada.

Lula ganha na região Nordeste, onde 38% dos entrevistados afirmaram votar “com certeza” no ex-presidente. A maior rejeição está na região Sul, onde 68% não votariam nele “de jeito nenhum”.

A maior rejeição para o tucano Aécio está justamente no Nordeste, onde 51% não votariam nele “de jeito nenhum”. Nas faixas de até dois salários mínimos por família, 14% dizem ter certeza do voto em Aécio. Nas faixas acima dessas, incluindo as famílias com renda maior que cinco salários mínimos, o tucano aparece com 15%.


Nenhum banner cadastrado ainda

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien