Hitec: Aplicativo ajuda a evitar mortes de animais em estradas

Um grupo de brasileiros se uniu para criar um aplicativo para smartphones que visa reduzir as mortes de animais silvestres atropelados nas estradas.

Alex Bager, professor de Ecologia na Universidade Federal de Lavras (UFLA) e um dos criadores, explicou que o app também ajuda a identificar com precisão quantos e quais espécies são atropeladas por quilometro e por dia no país.

O programa permite que qualquer pessoa que tenha o app no celular envie fotos de um animal atropelado. O app, que recebeu o nome de “Urubu Mobile”, soma os dados com o lugar através do GPS e informa a data e a hora em que a imagem foi feita.

A intenção é tornar o “Urubu Mobile” popular não só entre biólogos, guardas florestais, fiscais ambientais e policiais rodoviários, mas também entre motoristas de caminhões e ônibus. O app vai permitir a criação de um banco de dados unificado sobre os atropelamentos de animais selvagens no país e vai ajudar a reunir informações que possam servir como base para políticas ou medidas que tentarão reduzir este tipo de acidente.

Após a identificação dos trechos mais perigosos para os animais, é possível sugerir a criação de túneis, redes de proteção, passarelas ou até cordas que possam ser usadas por animais que vivem em árvores.

Anualmente são atropelados mais de 400 milhões de animais selvagens no Brasil, representando aproximadamente 15 animais a cada segundo. Deste total, a grande maioria são de animais pequenos, como sapos, roedores e cobras, que são muito importantes para a manutenção das espécies de maior tamanho.

Entretanto também existem mais de 40 milhões de animais maiores (onça, tamanduás, cachorros e gatos selvagens, gambás e outras espécies) que também morrem porque cruzamos seus ambientes naturais com nossos veículos. Estes impactos afetam praticamente todas as espécies que vivem próximas às rodovias e ferrovias, podendo levar várias à extinção.


Nenhum banner cadastrado ainda

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien