GastrôMania – Festa Italiana de BH: sucesso!

Integração de culturas em Festa tradicional italiana em BH, levou 100 mil pessoas a Savassi.

Esta é a décima edição da Festa Tradicional Italiana de Belo Horizonte, considerada a maior do tipo fora da Itália no mundo. Neste ano, ela celebrou também os 70 anos da proclamação da república da Itália, que ocorreu no dia 2 de junho de 1946.

Neste domingo, 29, cerca de 100 mil pessoas tomaram as ruas da Savassi para promover a integração entre povos. As cores, a comida, a música e a dança do país europeu conduziram o público, que se divertiu durante a tarde e o início da noite.

Rafaelle Peano, presidente da Associação Cultural Ítalo-Brasileira de Minas Gerais (Acibra-MG), disse que “a festa favorece a integração (das culturas), pois somos contra a segregação.E em Minas Gerais tem mais italianos que São Paulo”.

Muita gente aproveitou a festa, como um casal que estava sentado ao chão sobre uma toalha e bebendo um bom vinho. Diziam“Viemos ano passado e adoramos. Chegamos da Itália há um mês e estamos matando as saudades”. “A comida me chama muito atenção, é a melhor do mundo disse ele. Gosto muito dos tenores também”, completou ela.

Esta edição do evento contou com 40 opções de restaurantes.Varios chefes de cozinha Jacques levaram massas artesanais e, segundo elee, nem a crise atrapalhou a festa. “Trouxemos o fettuccine, que é um prato mais barato, e reduzimos o preço em relação ao ano passado”.

Durante a festa alimentos não perecíveis são arrecadados como ingresso. Ano passado, em 2015, foram recolhidas 36,5 toneladas de alimentos, que depois foram doados. Este ano a organização pretende superar esse número. O preços da entrada na festa foi 1 kg de alimento não perecível.

A Festa Tradicional Italiana de Belo Horizonte deste ano teve uma área de negócios onde empresas puderam mostrar seu trabalho e se aproximar do público. O chamado Espaço Câmara,  foi gerenciado pela Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio, Indústria e Artesanato em Minas.

Esteve presente neste espaço para negócios, a Fundação Torino, para mostrar o curso de línguas da instituição. “O centro de línguas existe há 40 anos, mas  estamos nos renovando. A localização (do stand, na entrada do evento), facilitou muito, pois não ficamos separados ou no meio dos restaurantes”, disse o coordenador da instituição.


Nenhum banner cadastrado ainda

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien