Galileu posicionado para concorrer com GPS

O novo sistema de Satélites recém-lançados e colocados em orbita, são o inicio da competição pelo milionario mercado de localização, até agora exclusivo do GPS

Um sistema mais preciso que o GPS foi lançado pelos europeus. Segundo a empresa francesa Arianespace, os dois novos satélites do sistema europeu de navegação Galileu entraram com êxito em sua órbita nesta sexta-feira (11).

Quando estiver funcionando, o sistema reduzirá a dependência da Europa em relação ao dispositivo de navegação norte-americano, utilizado em todo o mundo, o gps. Aos usuários na Terra, o sistema Galileu permitirá uma orientação precisa a partir do cálculo exata entre um ponto determinado e três dos satélites do dispositivo.

“A missão foi um sucesso”, afirmou Stéphane Israel, presidente executivo da Arianespace, a respeito dos satélites que foram colocados em orbita e decolaram a bordo de um foguete Soyuz.   Estes são os satélites de numero 9 e 10 do sistema Galileu.Ate o ano de 2020 quando estará completo, eles serão um total de 30 satélites em orbita.

Ao final de uma viagem de 3 horas e 48 minutos, os satélites, fabricados pela empresa alemã OHB, foram colocados em órbita a uma altitude de 23.522 km.

Na quinta-feira às 23h08 locais (mesmo horário de Brasília), o foguete Soyuz havia decolado da base espacial de Kuru, na Guiana francesa


Nenhum banner cadastrado ainda

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien