Contaminação do H1N1 em Minas, dispara

Vacinação contra H1N1 é antecipada por aumento de contaminação.

 

Minas registrou um aumento muito rápido da gripe H1N1, subiu 178%, de 19 para 53, o número de casos confirmados, isso em menos de dez dias. Já as mortes cresceram 200%. Diante desse cenário a vacinação do grupo de risco foi iniciada nessa segunda-feira (25), na capital.

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde, foram registradas quatro mortes em 14 de abril, e agora são 12, três vezes mais.

Além dos casos de H1N1, também houve alta no número de casos da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) envolvendo todos os vírus de Influenza. No número de confirmações houve alta de 152%. Em 14 de abril eram 34 pacientes com confirmação da doença e agora já são 86. Já as mortes passaram de 10 para 18, uma alta de 80%.

Em Belo Horizonte, já foram 300 notificações da Síndrome Respiratória Grave (SRAG), complicação da gripe, sendo 15 casos já confirmados, com quatro mortes – duas por H1N1 e duas por outros tipos de Influenza. Porém, esses casos ainda não foram contabilizados no boletim da Secretaria de Estado de Saúde.

Na segunda começou a campanha de vacinação contra gripe em Belo Horizonte. A ação foi antecipada em cinco dias. A expectativa na capital é vacinar 669 mil pessoas do grupo de risco, formado por crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes e mulheres com até 45 dias após o parto, trabalhadores da saúde, população privada de liberdade e pessoas com doenças crônicas.

Foram contratados 200 enfermeiros para atender a demanda, mas apenas 50% das vacinas previstas foram disponibilizadas pelo governo federal. “É uma situação normal, pois elas vão chegando no decorrer da campanha. A gente não espera que haja falta das doses em nenhum dos dias, e a população pode ficar tranquila que haverá vacina para todos do público-alvo”, garantiu a gerente de vigilância em saúde da prefeitura, Maria Tereza da Costa.

A Campanha Nacional de Vacinação começa oficialmente no próximo sábado (30) em todas as cidades do país e atinge também outros públicos considerados de risco, como população indígena e pessoas privadas de liberdade.


Nenhum banner cadastrado ainda

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien