Blitzen da LEI SÊCA: Caçando pulgas enquanto os elefantes da morte passam

 

EDITORIAL

TITULO DA CAMPANHA DA SEMANA DO TRÂNSITO 2013

“Sou pela Vida. Dirijo sem Bebida”.  Melhor ficaria: Seja pela vida, Não vote mais na Anestesia!

 

A creditem ou não,  nos pagamos  via caros  impostos  por maus  governantes anestesiados .Para termos mais e crescentes  acidentes de transito. Por que de percurso e em outras  áreas,  já sabemos como e quando é o “acontece sempre”.

 

Na semana da” Educação para o Transito”, ninguém esta nas escolas preparando os futuros  condutores. Nem os ministérios da educação , nem as secretarias disto, nem ninguém.  A ação maqueadora, em todo o Brasil, apenas serve para poder justificar a existência da pequena fortuna que os percentuais de IPVAs, DPVATs   e  outras taxinhas,  que só fazem  encher  a caixinha de CONTRANS E DENATRANS. Claro que  sem esquecer as campanhas publicitárias, que no bojo , também premiam a administração . Tudo, para tentar  justificar sua existência desnecessária dos órgãos de pseudo controle do transito de imobilizam o pais, via normas desnecessárias, inaplicáveis, sem objetivo e que muito entram onde não devem e não foram chamadas.

 

Ninguem vê  por ex. policia nas ruas fiscalizando  algo pior que o “abominável dirigir bêbado”: dirigir despreparada e  irresponsávelmente.   Que são coisas que nem precisa procurar ou Blitz:  é só olhar nas ruas. Na cara de todo mundo. Condutores que ajem contra as normas e leis de  transito, a toda hora , o dia todo, todo dia. Mas , agir e fiscalizar  isto da trabalho.  É difícil. Diminui acidentes e mortes. Mas não dá o IBOPE que as administrações querem.  Que  Adm Anestesiada quer e precisa , para não parecer o que é seu estado natural e atual.

 

Enquanto os nrs de acidentes  com mortes e  por outros motivos que não o álcool crescem até muito mais ( como por exemplo o de mortes de motociclistas )  a maquiagem da Adm Anestesiada e seus mal escolhidos secretários da area , vai para a rua fazer Marketing. E dizem que vão aos bares e restaurantes educar frequentadores . A que?A não consumirem o que se vende ali , recheado de gordos impostos de 80% ? A não dirigir e usar táxis caros e sempre difíceis ou indisponíveis . Ou a usar o transporte publico inexistente ?  E note-se que o álcool, segundo as estatísticas,  nem é  o maior causador de acidentes. As drogas ganham disparado dele. Mas mexer nestas é mexer com interesses muito altos. Certamente de muitos chefes , de  funcionarios  fiscalizadores e policialescos da área,  que não querem que  nada aconteça ao bom negócio de sempre e de há muito, enchendo o bolso  deles.

A grande causa, esta  ninguém nem fala em combater: má educação e má habilitação para o transito, causa e consequência . Coisa que devia ter matéria e pratica desde a pré escola. Ensinando coisas simples por exemplo, como  1º o PEDESTRE, ceda a vez, calma, cuidado, etc! Policiais como o saudoso inspetor Pimentel, batendo pátio de escola e levando a criançada desde pequena à TRANSITOLÂNDIA. Impressionante como boas ideias, simples, baratas e eficazes, são defenestradas pelas  dês administrações anestesiadas de agora.

Que são em realidade, os verdadeiros assassinos maiores! A irresponsabilidade e inabilidade geral na condução dos veículos só não ganha da irresponsabilidade dos governantes anestesiados de plantão, que  embora conscientes disto, nada fazem, porque não querem.Ou será porque não sabem? Talvez fruto do não aprendizado  na boa escola  da Fundação João Pinheiro de  dês administração publica. Que nos pagamos! Caro!

 

Rac Avila -EDITOR


Nenhum banner cadastrado ainda

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien