B.H na rota da astronomia hitec

Colégio Padre Eustáquio em Belo Horizonte, receberá palestra de cientista brasileira da Nasa

A cientista brasileira que atua na Nasa, National Aeronautics and Space Administration, é a astrônoma Duília de Melo. Ela chegará em BH nesta sexta-feira.

Dentre seus compromissos, está a palestra que fará no Colégio Padre Eustáquio, instituição localizada em bairro homônimo, na região Noroeste de Belo Horizonte. O evento acontece às 18 horas e é direcionado a alunos do 9º ano do Ensino Fundamental à 3ª serie do Ensino Médio.

Sua palestra tratará do telescópio Hubble, que começou como um fiasco, mas se transformou em um dos principais sucessos da Nasa, após o pouso na lua. Ela trabalha há 18 anos com o Hubble e propõe uma reflexão sobre os aspectos responsáveis por tornar o instrumento tão especial. A cientista também mostra porque é importante para a sociedade direcionar expressivos investimentos à ciência de ponta, tecnologia e inovação.

O telescópio espacial James Webb, responsável por substituir o Hubble será outro tópico previsto para a palestra. Embora tenha previsão para ser lançado oficialmente apenas em 2018, já é mundialmente conhecido como o instrumento astronômico mais caro construído até hoje.

Duilia de Melo, é professora de Física e Astronomia na Universidade Católica de Washington; autora de mais de 100 artigos científicos e do livro “Vivendo com as Estrelas”, no qual aborda a relevância da profissão de astrônomo. Está radicada nos Estados Unidos há vários anos.

Ao longo da carreira, foi escolhida como uma das 10 mulheres que mudam o Brasil pela Barnard College / Collumbia University. Também recebeu o prêmio profissional do ano de 2013 da Diáspora Brasil – Ministério das Relações Exteriores e Ministério da Indústria e Comércio.

Curriculum da Prof Dra. Duilia de Mello

 

Biografia de Duília de Mello 

Nasceu em Jundiaí e cresceu no Rio de Janeiro. Começou a se interessar por Astronomia quando ainda era criança. No final da década de 1970.

Diante desse entusiasmo, começou o curso de Astronomia na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e logo após, fez mestrado no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), em São José dos Campos. Depois, concluiu doutorado na Universidade de São Paulo (USP), pós-doutorado no Cerro Tololo Inter-American Observatory, no Chile, e no Observatório Nacional, no Rio de Janeiro.

Também passou pelo Space Telescope Science Institute, nos Estados Unidos, e foi professora assistente no Observatório de Onsala, na Suécia.

Atualmente, é pesquisadora associada da NASAGoddard Space Flight Center, e professora da Universidade Católica da América (CUA, na sigla em inglês), em Washington nos Estados Unidos.

É casada com o astrônomo Tommy Wiklind. Fala portuguêsinglêsespanhol e um pouco de sueco[1] .

Descobertas[editar | editar código-fonte]

A cientista foi responsável pelo descobrimento da Supernova SN 1997D. Esta descoberta se deu no Chile, no dia 14 de janeiro do ano de 1997. Além disso, também participou da descoberta das Bolhas azuis, conhecidas como “orfanatos de estrelas” por darem origem a estrelas fora das galáxias[2] .

Experiência profissional[editar | editar código-fonte]


Nenhum banner cadastrado ainda

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien