Aécio recebe apoio de toda a comunidade de evangélicos

Apoio peso pesado. Afinal eles são mais de 2o milhões.

 Aécio Neves, o candidato do PSDB à Presidência da República, recebeu nesta quarta-feira (15/10). o apoio da comunidade evangélica de todo o Brasil, representada por cerca de 300 líderes evangélicos.

A reunião aconteceu em um espaço para eventos localizado no centro de São Paulo. O deputado Pastor Everaldo, que disputou a Presidência no 1.º turno pelo PSC, foi quem reuniu toda a cúpula Evangélica de SP e foi o mestre de cerimônia do evento.

” No encontro, ninguém tratou de tópicos polêmicos como aborto e casamento gay, já que estas pautas são prerrogativas do congresso”, disse o Pastor Everaldo.

Presente também o polemico pastor Feliciano, que fez um alerta a Aécio durante a sua fala no encontro com os evangélicos. As lideranças evangelicas recomendara cuidado e  que o tucano se prepare para enfrentar em seu proximo governo “ a fúria dos movimentos sociais radicais” aliados ao PT. “Em tom sereno Aécio respondeu que tem conhecimento de causa e saberá lidar com a oposição de causa perdida.

Os lideres dos Evangelicos disseram apoiar a candidatura de Aécio muito embora considerem o PSDB um partido de esquerda, mas uma “esquerda moderada”. O que une os projetos, de acordo com eles, é o anseio de tirar o PT da Presidência.

Continuaram. ” So por serem a favor dos valores cristãos, nós já estamos satisfeitos, até porque, nesse momento, nossa missão é tirar o PT do empodeiramento”, afirmaram.O PSDB , melhor  ” o pessoal do Aécio, mesmo sendo socialista, que é tido como um partido de esquerda, são de uma esquerda moderada, que consegue conversar, que dialoga com todos, até com inimigos. O que não acontece nunca com o PT e seus afins.”

Em seu discurso, Aécio agradeceu o apoio “expressivo” e “representativo” de toda a comunidade dos evangélicos. “Tenho orgulho de estar fazendo a campanha ao lado de vocês a partir de agora.Vamos juntar forças e realizar as mudanças que o BRASIL quer e precisa. Fiz questão de vir aqui hoje pessoalmente para agradecer o apoio pelas razões da consciência e pelas razões do coração”, disse o tucano em sua fala, após prometer trabalhar junto com os evangélicos na construção de sempre  melhores políticas sociais.

O encontro foi organizado pelo governador reeleito de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), à revelia do comando nacional da campanha de Aécio. “Não sei por que (o evento não foi divulgado na agenda). Foi um acaso. Pode ter sido uma decisão de última hora”, disse José Agripino (DEM-RN), coordenador-geral da campanha presidencial tucana, ao ser questionado pela omissão do encontro entre as atividades do dia.

Alckmin acompanhou Aécio na reunião, ao lado também do senador eleito, José Serra (PSDB-SP).


Nenhum banner cadastrado ainda

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien