A escravidão não acabou, só mudou de côrte e cor:153 dias do ano só para pagar impostos!

Hoje é o dia da conscientização  na luta contra a ALTÍSSIMA TRIBUTAÇÃO a que submetem os brasileiros.Esta tributação absurda promoveu a reação do CDL e sua brilhante campanha.

O dia da liberdade de impostos 02/06, é uma importante iniciativa organizada por associações e institutos empresariais voltados à defesa da livre iniciativa e da redução da participação do Estado na economia. O objetivo é conscientizar a população sobre o percentual de tributos indiretos no preço final dos produtos vendidos ao consumidor.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), no ano de 2016, o contribuinte trabalhou até o dia 1º de junho somente para pagar a carga tributária brasileira, que, atualmente, gira em torno de 34% do Produto Interno Bruto (PIB). A rigor, o contribuinte brasileiro direciona, em média, 41,80% do seu ganho bruto para arcar com a tributação incidente sobre seus rendimentos, consumo, patrimônio e outros.

Foram 153 dias trabalhados para arcar com tributos, dois a mais do que em 2015, segundo IBPT.

A Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL-BH) decidiu mostrar à sociedade o impacto negativo na vida coletiva provocada pela alta tributação. A CDL-BH promoverá nesta quinta-feira, 2, a 10ª edição do Dia da Liberdade de Impostos. Na ocasião, mais de 400 produtos de 110 empresas serão vendidos sem os tributos.

“Dia 2 de junho é a data em que nos libertamos dos impostos. No ano passado, trabalhamos até maio para acertar as contas com o fisco, porque a incidência dos tributos foi menor”, explica o presidente da CDL-BH Jovem, Frederico Patatella.

Em 2015, a população brasileira trabalhou 151 dias para acertar pagar os impostos. Na década de 90, segundo a CDL-BH, trabalhava-se 102 dias. Na década de 80, 77 dias.

Patatella faz uma crítica a esse sistema tributário e diz que “o problema não é pagar impostos. É não perceber o retorno do dinheiro que pagamos”.

As lojas participantes da ação estão listadas no site da CDL-BH. Mas as ações de conscientização serão centralizadas no posto Pica Pau, localizado na Avenida do Contorno, 10.325, no Barro Preto. No posto, o litro da gasolina será comercializado a R$ 2,094, um desconto de 41% sobre o valor com tributação. A venda é limitada aos primeiros 105 automóveis e 120 motocicletas. Senhas serão distribuídas.

No posto, também será realizado um desafio que dará ao vencedor a oportunidade de comprar um Nissan March 1.6, cor prata, por R$ 39.090,76. O valor cheio do carro é R$ 55.140, R$ 16 mil mais caro.


Nenhum banner cadastrado ainda

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien